Para quem gosta de ver a natureza no seu habitat natural, nada melhor do que partir para um safári. E há ótimos locais para se aventurar e ver os animais selvagens bem de perto, com toda a segurança e sempre com guias que irão te levar aos melhores locais e te explicar tudo o que você precisa saber. Para curtir os melhores safáris é claro que você precisa ir para a África, e é importante conhecer as melhores opções. Tudo começa com o Quênia, famoso em filmes e paraíso dos amantes dos safáris, apresenta  melhores estruturas para receber  os  turistas. Perto dali fica a Tanzânia, outro excelente local para se ver a vida selvagem; África do Sul, Suazilândia, Zimbabwe, Botsuana e Zâmbia também não decepcionam nenhum turista quando o assunto é safári; para a visitação há reservas  particulares e públicas, basta você escolher.

Começamos a dica pelo preferido dos turistas, o Quênia. Os safáris daqui são menores e mais baratos, por isso mesmo são os preferidos pelos turistas. Os safáris partem geralmente de Nairóbi e Mombassa. Daqui você pode sair e visitar os principais santuários do Quênia que são Masai Mara, Ambosel e Tsavo. Aqui são os melhores locais para ver o grupo dos cinco grandes animais: leão, búfalo, elefante, rinoceronte e leopardo. E não se esqueça de olhar para cima, já que os pássaros também fazem parte da riqueza dos safáris.

A Tanzânia tem também ótimas reservas que não decepcionam o turista. O melhor para se ver lá é o Parque Nacional do Serengeti e o Parque Ngorongoro que ficam em uma cratera de um antigo vulcão já extinto. Quem quiser outras opções pode ver o Santuário Jane Goodall somente com chimpanzés. Para ver animais de grande porte, prefira ir ao Serengeti; já para quem quer fazer safári e caçar, deve procurar pela Reserva de Caça de Selous. Prepare-se caçar na África não é nada barato.

Partindo para a África do Sul, o turista pode encontrar boas opções de safáris justamente nos parques nacionais; todos da região oferecem o serviço. O mais famoso certamente é o Parque Nacional Kruger, muito fácil de ser visitado, mas lembre-se de agendar a visita antes. Os pássaros e os animais de grande porte são destaque em todas as reservas da região.

Em Suazilândia você pode ver rinocerontes brancos e pretos que estão espalhados pelos seus diversos parques. Há ainda a Reserva de Caça Mkhaya e o Parque Nacional Hlane Royal, que voltou a ser habitado por leões em 1994. Já em Botsuana o destaque vai para o Parque Nacional Chobe e sua animada população de babuínos e os elefantes Chobe. Aqui também é o local onde fica a mais antiga reserva de caça, o Parque Nacional de Gemsbok.

A dica é que você organize sua viagem com uma agência de turismo especializada no tema, não aconselho aventurar-se sozinho sem um guia e sem ter tudo comodamente agendado antes de sua ida. Esteja atento porque alguns países exigem que o turista tenha sido vacinado contra algumas doenças como por exemplo a Malária, portanto é necessário programar-se com pelo menos 3 meses de antecedência para uma viagem deste gênero. Neste caso sugiro que você faça a consulta do viajante para receber toda orientação necessária para que tudo corra bem no seu safári.