Dicas para Viagens Viagens, Turismo e Férias - Diversos

Viajar de avião – Terceira Idade cuidados necessários

Viajar de avião – Terceira Idade cuidados necessários
4.89 (97.78%) 9 votos

Qualquer pessoa que viaje de avião, independente de pertencer a terceira idade ou não, sabe que há riscos para a saúde, em especial se a pessoa tem algum problema de saúde específico ou se faz algum tratamento médico contínuo. Por isso antes de viajar é sempre bom estar atento e tomar as precauções necessárias.

No caso de viagens na Terceira Idade os cuidados devem ser dobrados especialmente se a viagem de avião tiver muitas horas de vôo. Qualquer pessoa corre o risco durante um longo vôo de ter uma trombose, entretanto nos idosos o risco é maior. Por isso é imprescindível ter alguns cuidados antes de viajar.

Viajar Avião na Terceira Idade

Viajar Avião na Terceira Idade

Veja abaixo algumas dicas sobre os cuidados necessários que a  terceira idade deve ter ao viajar de avião:

1- Antes de viajar é aconselhável que o idoso passe por uma consulta médica com uma certa antecedência e comunique o médico sobre a intenção de fazer a viagem. Acolha a opinião e sugestões que o médico der, se for necessário realize exames e certifique-se de que é seguro viajar.

2- Durante o vôo use roupas confortáveis e se for necessário utilize meias de suave compressão, o médico também poderá orientar qual a mais indicada. Não esqueça de levar consigo um casaco para manter-se aquecido dentro do avião em caso de necessidade.

3- É aconselhável antes de viajar adquirir o seguro viagem que facilitará no caso da pessoa necessitar de cuidados médicos na cidade de destino. Algumas companhias de seguros de viagem internacional possuem planos para passageiros com mais 60 anos, informe-se sobre isso.

4- Se faz uso de remédios contínuos, leve-o na bagagem e coloque-o num local de fácil acesso para acha-lo facilmente na hora que deverá toma-lo. Leve sempre com os seus documentos as receitas médicas com as prescrições de utilização do remédio. Se pretender ficar muito tempo fora, certifique-se de estar levando remédios em quantidade suficiente para este período de ausência.

5- Alguns países e/ou estados do Brasil, exigem que o turista tomem vacinas específicas, isso deve ser checado com antecedência e antes de tomar as mesmas, o médico particular deverá ser consultado.

6- Leve uma bagagem leve, nada de levar uma mala repleta de roupas, leve o essencial e o útil. Arrume a mala de acordo com o clima local, se para onde for viajar for inverno, leve roupas quentinhas e vice versa.

7- Durante o vôo levante-se de hora em hora e faça uma caminhada pelo corredor do avião, vá ao banheiro, estique-se, movimente-se; assim o sangue circula com maior facilidade pelo corpo evitando a formação de trombos e a manifestação de problemas circulatórios. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as viagens de mais de 4 horas podem provocar tromboses em pessoas de idade avançada que não tomem medidas preventivas adequadas.

8- Se a pessoa fizer utilização de medicamentos como anti-coagulantes, deverá perguntar ao médico os procedimentos necessários para uma viagem tranquila, e ao adentrar ao avião deverá informar um dos membros da tripulação sobre o fato. Por vezes pessoas que fazem uso de anti coagulantes podem manifestar hemorragias nasais devido ao clima seco que se instala no avião, devido ao ar condicionado. Neste caso é bom levar na bolsa compressas (gazes) esterilizadas para alguma emergência. Ao menos sinal de problema chame um dos tripulantes para receber o auxílio necessário.

9- Durante a viagem o idoso deve beber bastante água, e alimentar-se moderadamente. A comida servidas no avião nem sempre é boa, prefira alimentos leves. Em caso de restrição alimentar é aconselhável que no momento em que for adquirir o bilhete aéreo, a companhia aérea seja comunicada sobre a esta restrição alimentar e desta forma possa ser verificado a possibilidade de um menu diferenciado para o passageiro em questão.

10- Evite bebidas alcóolicas, lembrando sempre que o efeito da mesma associado ao uso de remédios pode ser catastrófico; evite correr riscos desnecessários.

11- Ao chegar ao destino final, é importante que o idoso possa descansar e portanto é essencial que o mesmo se dirija ao hotel (ou local onde ficará hospedado) e possa tomar um bom banho, alimentar-se e descansar por algumas horas.

12- A diferença de fuso horário pode ocasionar o famoso e tão falado jet lag (também conhecido por doença do fuso horário), que consiste na perda de ritmo e concentração ao se passar por fusos horário diferentes em pouco tempo; ocasionando irritabilidade, cefaleia, taquicardia e alteração dos padrões de sono e fome. São necessários para a recuperação, em média, um dia de descanso para cada hora de diferença. A rapidez em que o corpo se ajusta ao novo horário varia de pessoa para pessoa. O jet lag baseia-se na distância transmeridiana viajada (leste-oeste), ou seja se alguém viaja do Canadá para Portugal, ou vice versa; pois a diferença de horas entre um país e outro é grande. A condição não é baseada no tamanho do vôo ou nas horas de vôo, e sim na diferença que existe entre as horas de diversos países distantes entre si.

13- Ao chegar ao destino, é o momento de aproveitar a viagem e curtir os melhores momentos, porém não descure da saúde e de tomar os remédios que habitualmente toma, no caso da diferença de fuso horário, certifique-se de tomar os seus remédios na hora em que tomaria estando em seu país; para assim manter a sua rotina.

14- Utilize calçados e roupas confortáveis adequadas ao clima local. Em climas quentes evite e a demasiada exposição solar, e utilize sempre protetor solar com alto fator de proteção. Em climas frios, evite apanhar chuva, agasalhe-se e proteja-se do frio.

15- Resista as tentações da gastronomia local, evite comidas muito diferentes, apimentadas, ou extremamente temperadas. Prefira alimentação leve. Claro que experimentar um bocadinho não faz mal, mas evite os exageros.

16- No hotel, tome cuidado com o piso do banheiro, tapetes no quarto, móveis ao meio do caminho, etc. Não se levante da cama bruscamente. Ao acordar durante a noite ou pela manhã, sente-se na cama e espere alguns minutos para levantar-se. É importante deixar uma luz acesa, pode ser a do candeeiro da cabeceira ou a luz do banheiro, assim facilita durante a noite para se situar e encontrar o “caminho”.

No mais penso que o importante é relaxar e aproveitar bem a viagem, atualmente existem inúmeras agências de viagens que organizam excursões para a terceira idade; tenho certeza que dentre uma delas você encontrará o seu destino de férias ideal.  🙂 Boa viagem!



1 Comentário

Deixe Comentário

Insira Por favor o resultado, para poder avançar