Alguém imaginaria que no topo da Torre Eiffel existe um magnífico apartamento? Pois existe. A Torre Eiffel é um dos monumentos mais famosos e mais visitados do mundo. Idealizada por Gustave Eiffel, sua construção foi finalizada em 1899 e desde então tem sido considerada um dos monumentos mais bonitos do planeta.

Com 324 metros de altura, a Torre Eiffel foi construída para que servisse de arco para a entrada da exposição universal que decorreu na capital francesa em 1889 (celebração do centenário da Revolução Francesa – 1789), na época da sua construção tinha aproximadamente 7 300 toneladas de ferro e atualmente tem aproximadamente 10 000 toneladas. Quando o contrato de vinte anos do terreno da Exposição Universal de 1889 expirou, em 1909, a Torre Eiffel quase foi demolida, mas o seu valor como uma antena de transmissão de rádio a salvou.

Dentro do projeto, Gustave Eiffel, decidiu que faria no topo da mesma um espaço para uso pessoal. O apartamento era simples, decorado com peças comuns e facilmente encontradas em qualquer loja de Paris, nada de muito especial, exceto a presença de um piano que servia para animar as noites em claro que passava entre amigos.

Pela localização, o apartamento passou a ser cobiçado por grandes nomes e personalidades da época, tendo Gustave recebido inúmeras ofertas para venda do mesmo, nenhuma delas foi aceita. O local era um espaço pessoal, destinado e utilizado por Gustave para receber amigos, reunir famosos, tertúlias, etc. Estas famosas reuniões de amigos duravam toda uma noite, terminando já pela manhã, e um dos visitantes mais famosos foi Thomas Edison, que visitou o engenheiro Gustave Eiffel na noite de 10 de setembro de 1899, onde passaram horas a conversar sobre suas invenções.

Apartamento na Torre Eiffel
Gustave Eiffel e Thomas Edison – Imagem World Travel Images ©

Atualmente o apartamento pode ser visitado por turistas, tendo inclusive dois manequins expostos, um de Gustave Eiffel e outro de Thomas Edison, a relembrar a famosa visita do inventor ao grande engenheiro francês.

Paris, na minha opinião, é uma cidade mágica, o mesmo digo da Torre Eiffel, por isso sem dúvida que ao visitar a Torre seria imperdoável não conhecer este lindo recanto histórico, o apartamento secreto de Gustave Eiffel; agora já não tão secreto assim. 😉 Ah e não esqueça de visitar os maravilhosos restaurantes que encontram-se na Torre.