Montanha Juneau - Alasca - Wikipédia

Se a primeira imagem quando falam em Alasca (ou Alaska) para você é um imenso e branco bloco de gelo, pode ir mudando a sua visão. O Alasca (em inglês Alaska) é um dos 50 estados  dos Estados Unidos da América e o maior em extensão territorial, ou seja,  maior do que os estados americanos de Texas, Califórnia  e Montana  juntos. O  Alasca é também o estado menos povoado dos Estados Unidos, com uma densidade populacional de 0,42 hab/km². O nome Alasca provém da palavra Alyeska, que significa “grande terra” em aleúte, um idioma esquimo-aleutiano  falado em partes do seu território.

O clima no Alasca varia devido a sua grande extensão, por isso tem climas diferentes que variam de região a região. No geral, apresenta invernos  longos e frios, cujas noites são muito longas, e apresenta um verão ameno e curto, porém com dias muito longos.

Montanha Juneau – Alasca – Wikipédia

Dica especial,  se quiser fazer da sua viagem ao Alasca uma imensa aventura, porque não ir de navio? Alguns navios de cruzeiro percorrem um labirinto de canais que existe junto a costa, onde a paisagem do Alasca salta aos seus olhos a todo o momento. É uma das mais belas paisagens que você verá na sua vida. É uma mistura de grandes geleiras com florestas de pinheiros e paredões de rocha.

Aliás, são justamente as geleiras que proporcionam as melhores visões. Conforme a luz reflete nelas, novas imagens e cores vão surgindo. Algumas destas geleiras possuem centenas de metros, porém é possível encontrar algumas com  até 80 km de comprimento. No Alasca, durante o verão, o sol brilha até 20 horas por dia, principalmente nos meses de julho e agosto. Então já sabe; quer aproveitar mesmo os dias no Alasca? Vá para lá entre julho e agosto e aproveite os dias mais longos da sua vida.

Alasca – Wikipédia

Apesar de estar no Alasca, conhecida como terra dos ursos polares, não vai ser muito fácil você avistar um deles. Mas em compensação, as baleias orcas estão por todo o lado e chegam bem perto dos navios.

Indo para a terra firme, a atração é a própria capital do Alasca, Juneau, onde você pode chegar até lá de navio ou de avião, estes são os únicos meios. As cidades do Alasca são bem agradáveis e o povo é hospitaleiro.

Outra atração são os lagos dos Misty Fjords ou Fiordes Enevoados onde você irá chegar lá de hidroavião. Um dos típicos vilarejos da era do ouro é Skagway, totalmente charmoso e que conserva todo o clima da época. Aqui também há um dos desfiladeiros mais aterrorizantes que qualquer montanha russa.

E não pense que você estará isolado no Alasca e sem qualquer informação do que está a acontecer no resto mundo,  saiba que a primeira estação de rádio do Alasca foi inaugurada em 1924, e a primeira estação de televisão  do Alasca foi inaugurada em 1953, ambos em Anchorage. Atualmente, o estado possui 73 estações de rádio – dos quais 33 são AM  e 40 são FM – e 13 estações de televisão.

Quanto aos hotéis, fique tranquilo é possível encontrar hotéis de qualidade e com razoavel conforto, mas como sempre digo nada de se aventurar em ir sozinho, nada melhor do que contratar os serviços de uma agência de viagem confiável e ter seus direitos todos assegurados.

Árvore Picea sitchensis – Símbolo do Estado – Wikipédia

O Alasca tem alguns símbolos interessantes como a árvore  Picea sitchensiso, o  Myosotis, a maçã, a libélula, o salmão, a pedra jade e muitos outros. A extração de petróleo é atualmente a principal fonte de renda do Alasca. O Alasca não se resume só a gelo. Suas paisagens brancas e suas geleiras formam as cores mais impressionantes que a natureza pode lhe oferecer.  Não perca essa oportunidade.

Alguns pontos turísticos imperdiveis no Alasca:

– Centro Patrimonial dos Nativos do Alasca
– Museu de Arte e História de Anchorage
– Tony Knowles Coastal Trail
– Zoológico do Alasca
– Geleira Portage
– Alaska Aviation Heritage Museum