Cidade do México

A bela Cidade do México fica onde era antigamente uma região de vale que abrigava vários lagos. O centro da Cidade do México foi construída onde era antigamente uma das construções da civilização Asteca, mais precisamente o templo de adoração ao Deus do Sol. Um dos pontos a serem visitados na Cidade do México é o Palácio de Belas Artes, que na verdade é um teatro todo construído em mármore. O local é quase uma obra de arte no centro da cidade

Outro local que você pode ver na Cidade do México é o Monumento da Independência do México, inaugurado em 1910, mas sua construção começou em 1843; tanto tempo para ficar pronto só pode resultar em uma das mais belas visões da Cidade do México que você poderá ter. Uma das colunas do monumento tem 36 metros de altura e na ponta ergue-se um anjo dourado.

Cidade do México
Cidade do México

Não se assuste, já que a Cidade do México tem uma grande população, no sentido amplo da palavra, então literalmente você nunca se sentirá sozinho. E tudo isso no meio de pirâmides e belos monumentos como os que você já pode perceber acima.

Se você quiser saber um pouco da história da Cidade do México tem que ir até o Museu Nacional de Antropologia, aqui são 12 salões imensos que abrigam uma grandiosa coleção de arqueologia do México; e como a Cidade do México está em cima da civilização Asteca, então arqueologia é o que mais você vai encontrar na Cidade do México.

Perto da Plaza de la Constitución você poderá ver o Palacio Nacional e a belíssima Catedral Metropolitana,  depois de todos esses passeios, nada melhor do que repor as energias com uma comida típica da Cidade do México. São as famosas enchiladas ou os famosos chilles e nada mais são do que panquecas feitas de milho e com muita pimenta; esteja preparado para a comida apimentada da Cidade do México.

Depois ainda há o Museo Estúdio Diego Rivera dedicado ao pintor e o Museo Frida Kahlo que fica na casa azul que a pintora nasceu e morreu.

Frida Kahlo
Frida Kahlo

E por fim, não saia da Cidade do México sem visitar os Murais de Diego Rivera, eles foram pintados em duas etapas, a primeira ocorreu entre 1928 e 1930 e o artista voltou a pintar em 1938 e 1940. O mural conta a história do povo mexicano desde as conquistas dos espanhóis até a ditadura religiosa. Por isso prepare-se para muita are pela frente.

Foto: Wikipédia