Bandeira de Lesoto - Wikipédia

Você já ouviu falar de Lesoto? Aposto que não. Eu mesma fiquei a saber da existência deste pequeno país da África Austral, encravado no interior da África do Sul há bem pouco tempo. Foi então que decidi pesquisar e descobrir mais sobre este pequenino recanto. O Lesoto tem cerca de 30.355 km² e caracteriza-se essencialmente por 80% do seu território estar acima dos 1.800 metros de altitude, sendo o único país do mundo a ter toda a sua área acima da altitude de 1.000 metros.

O melhor de Lesoto é que em cada época do ano é possível ter um panorama diferente do país. Ou seja, no inverno você consegue ter a imensidão dos telhados das casas cobertos de neve e as cascatas completamente congeladas. Já no verão você pode passear pelas estradas de terra que te levam para as melhores rotas turísticas de Lesoto.

Bandeira de Lesoto - Wikipédia

O clima de Lesoto é temperado, com invernos frescos e secos e verões quentes e húmidos, nas partes mais baixas, e clima frio e com neve nas partes mais elevadas, com precipitações mais elevadas nestas áreas.

A capital do Lesoto é Maseru e é um reduto de paz e tranquilidade; não há como você não esquecer o stress e se entregar a essa calmaria. Aos sábados o ponto alto da capital é você visitar o mercado, onde você encontra roupas tipicamente africanas e o mais belo artesanato do continente; além disso, há algumas lojinhas chinesas que são verdadeiras relíquias no país.

Maseru - Capital de Lesoto - Foto de Netroamer - Wikipédia

O cavalo é o principal meio de locomoção em Lesoto e ao invés de você se cansar subindo as montanhas do país, não hesite em procurar um guia com cavalos para te levar ver as charmosas aldeias de Lesoto.

Uma das aldeias que devem ser visitada em Lesoto é a Semonkong, logo depois parta para Mafeteng e termine por Moahale’s Hoek onde você pode ver toda a paisagem que predomina em Lesoto e faz com que o país seja inigualável.

O bom de Lesoto é que ele é rodeado por uma paisagem bem diversa que faz com que você se surpreenda a cada passo. Por isso preste bem atenção a todos os locais que você vai para poder ver a natureza de Lesoto nos seus mínimos detalhes. Passeios guiados é a melhor  maneira de ver tudo isso. Aliás lembre-se de jamais se aventurar sozinho em países desconhecidos, procure fazer a viagem através de uma agência de turismo e fazer os passeios no local acompanhado pro guias autorizados e devidamente identificados.

Moteng Pass (distrito de Mokhotlong) - Foto de Jacovt - Wikipédia

Conforme você for subindo as colinas de Lesoto, a paisagem vai se modificando. Você pode fazer esse trajeto a cavalo ou com um carro rudimentar, já que só ele é capaz de agüentar a subida do terreno.

As melhores épocas para você visitar Lesoto são de julho a agosto, já que é nesse período que a neve começa a cair e você pode aproveitar para esquiar ou simplesmente ver as paisagens cobertas de gelo. Já se você quer fugir da neve, a dica é ir para Lesoto em outubro ou novembro, onde você tem um clima mais ameno, mas não se esqueça que em Lesoto as noites são bem frias. Essa é o período ideal para quem quer fazer passeios, trilhas, trekkings e passeios a cavalo. Mas o importante é que você saiba que a região é bem exótica, mas  isso não significa que será impossível encontrar alojamentos confortáveis como por exemplo o Lesoto Sun Hotel, um bonito hotel com piscina e que oferece o conforto que um turista espera encontrar na África. 🙂

Apesar de tudo de bom que é possível desfrutar no local, infelizmente Lesoto aparece no relatório da ONU com 18% da população do país portadora do vírus HIV, e 25% das mulheres grávidas contaminadas com o vírus HIV.

Pontos turísticos de Lesoto:

– Butha-Buthe: sitio arqueológico onde é possível ver rastros deixaso pelos dinossauros na pré-história.

– Thaba-Bosiu: Fortaleza montanhosa Moshoeshoe com diversos indicios da pré-história

– Teyateyaneng: Localidade famosa onde é possível encontrar belissimos artesanatos,e produtos tribais.

– Mohale’s Hoek: Local ideal para a pratica de Trekking

– Roma: Cidade Universitária onde é possível fazer belos passeios a cavalo e conhcer muitas pinturas rupestres espalhadas pela localidade.

– Thabana-Ntenyana: O mais alto Pico de Lesoto, local de prática de esqui e trekking.

– Cascatas de Maletsunyane: Localziadas proximo de Semonkong, as cascatas tem cerca de 200 de altitude, procure visita-la somente no verão.