Noticias Sobre Turismo

O viajante Europeu: Tendências e previsões de Viagens

Vote neste Post!

A eDreams ODIGEO acaba de apresentar o seu primeiro relatório global que analisa o comportamento do viajante europeu durante todo o ano de 2016. Intitulado “O viajante europeu: tendências e previsões”.

O estudo da eDreams teve por base a análise das reservas dos mais de 17 milhões de viajantes que durante o último ano confiaram na marca para marcar as suas viagens e retrata os hábitos e tendências de reservas dos clientes.

O viajante europeu: tendências e previsões

A capital francesa continua a assumir as preferências lusas e em 2016 é o destino mais procurado pelos turistas nacionais, não seguindo a tendência europeia onde, a grande maioria dos viajantes opta por Londres. Já Ponta Delgada sobe este ano 3 posições no ranking eDreams, fixando-se no quinto lugar da tabela.

Vários destinos registaram ainda um crescimento significativo em 2016, face ao registado em 2015, como a ilha Terceira, com um aumento de reservas de 100%, Banguecoque, com 115% e Funchal, com 40%.

Mais viagens, mas mais curtas

A análise agora apresentada pela eDreams revela que os turistas portugueses reservam mais, mas por períodos mais curtos, com a finalidade de conhecer mais destinos. Uma tendência também verificada em toda a Europa, com 40% dos turistas Europeus a reservar mais estadas de curta distância.

Apesar de que para alguns consumidores se mantém a tendências de que o maior período de férias se destina a uma grande viagem, apenas com um destino, a maior agência de viagens de voos online do mundo revela agora que em 2016, cerca de 56% das reservas dos turistas portugueses diziam respeito a escapadas de 1 a 5 dias. As principais cidades europeias são as que mais beneficiam com esta tendência, verificando-se um crescimento significativo do total de reservas ao longo do ano de 2016 com, por exemplo, Lion em França, Colonia na Alemanha e Zurique na Suíça, a registarem um aumento de 120%, 130% e 96% respetivamente.

Os ingleses, os alemães e os franceses, com 52%, 40% e 32% são os turistas que mais se destacam por realizarem três ou mais viagens ao ano.

Reservas com mais antecedência é uma das tendências de 2016

Em 2016, os turistas lusos são quem reserva com maior antecedência, com uma média de 56 dias, comparando com os restantes turistas europeus, com os italianos, espanhóis, franceses e britanicos a reservar aproximadamente um mês antes da data de embarque.

Segundo o estudo agora apresentado pela eDreams ODIGEO, apesar de, no geral, os viajantes ainda reservarem algumas viagens de longa duração com bastante tempo de antecedência, cada vez mais a tendência passa por reservar viagens de última hora, com as plataformas digitais a contribuírem para uma pesquisa diversificada, que permite ao utilizador encontrar os melhores preços e fazer as melhores combinações de voos, hotéis e outros serviços, obtendo um resultado personalizado em segundos.

Aumento de reservas através das aplicações móveis

A utilização de dispositivos inteligentes continua a crescer, o que também se nota nas vendas online. Desta forma, as compras de voos e hotéis através da aplicação móvel da eDreams ODIGEO representem já 29% do total de vendas da marca.

Também em Portugal as reservas através das aplicações móveis se consolidaram este último ano, registando um importante aumento de 70% face ao ano anterior. Um crescimento superior à média europeia, que se fixa nos 51%.

Dados importantes para o setor, que permitem constatar que as tecnologias estão cada vez mais presentes na vida dos utilizadores e que integram os hábitos de consumo dos viajantes europeus. Entre os principais efeitos positivos desta mudança de paradigma, destaque para que os clientes podem agora desfrutar de novos serviços, já que a aplicação não só permitem a reserva, como também acompanham o utilizador durante a viagem, dando-lhe informações úteis como atrasos de voos, portas de embarque, entre outras. A aplicação móvel da eDreams ODIGEO pode ser instalada em qualquer smartphone ou tablet. Um equipamento que acompanha sempre o viajante em todas as suas escapadas e que lhe permite desfrutar de uma experiência mais relaxada, com menos preocupações.

A rapidez e a conveniência são os principais fatores que impulsionam as reservas digitais. O primeiro, porque permite investigar, selecionar e reservar em aproximadamente 1 minuto e 30 segundos na eDreams ODIGEO e a segunda porque apenas necessita introduzir os dados uma vez, sendo que a App reconhece o utilizador nas próximas reservas. Graças a estas características, 57% dos utilizadores da eDreams ODIGEO repetem o serviço fornecido pela sua aplicação.

Natal e Passagem de Ano, turismo cá dentro em Portugal

Aproxima-se o fim do ano e com ele as últimas oportunidades de viajar ainda em 2016. Segundo dados agora revelados pela eDreams, a maior agência de viagens online de voos do mundo, que analisam as reservas dos turistas lusos entre 20 de dezembro e 3 de janeiro, os portugueses elegem as cidades de Lisboa, Porto e Paris como destino de férias nesta época do ano, tanto para o Natal como para a Passagem de Ano.

Mais de metade dos turistas nacionais – 54% – aproveitam a época Natalícia para viajar, no mínimo, uma semana, enquanto 34% opta por estar fora entre uma a duas semanas e apenas 12% fica por mais tempo.



Deixe Comentário

Insira Por favor o resultado, para poder avançar