A Dinamarca é um país escandinavo do norte da Europa, o páis é um território incrível constituído por uma península de mais de 400 ilhas das quais somente 82 são habitadas. A sua capital, Copenhaguen foi o centro das atenções este ano na escolha da sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

Para quem é fissurado em compras, a Dinamarca é um verdadeiro paraiso, saiba que os produtos dinamarqueses possuem uma qualidade excepcional além de designs únicos. O point mais conhecido de todos é o Stroget, a maior rua comercial do país. Ela fica no centro de Copenhaguen e tem como destaque as peças da Royal Copenhague e as figuras de Bing e Grondahl; a vidraçaria também atrai muitos consumidores, sem falar nos brinquedos e nas guloseimas – esqueça da dieta nessas horas e se delicie com os sabores do local.

A capital da Dinamarca também é famosa e rica pelos seus bares, cafés e discotecas. A vida noturna na Dinamarca é muito agitada e aqui você encontra o local ideal para uma boa diversão; é um centro completo de diversão com muita gente bonita e descolada de todas as partes do mundo.

Um dos locais que são passagem obrigatória são as Ilhas de Falster e Mon; do lado do Estreito de Guldborgsund você encontra a cidade com mais de 700 anos, Nykobing Falster. Já do outro lado do estreito, o Centro Medieval onde você pode observar as mais diversas armas de artilharia feita por artesões medievais. Já em Mom você vê uma importante zona ecológica, os Mons Klint.

Em Zeland você pode ver o Museu de Karem Blixen e fica na casa da própria escritora. A catedral Roskilde é onde os reis e rainhas são enterrados e fica na cidade de mesmo nome. Aqui você também pode se deliciar com o Vikingeskibshallen um pavilhão onde estão expostos todos os barcos vikings restaurados.

E finalmente, a menina dos olhos da Dinamarca: Copenhaguen. Aqui os prédios são baixos e em harmonia com as igrejas. O prédio da prefeitura abriga o Relógio Mundial de Jens Olsen. Não deixe de ver o Castelo de Amalienborg, muito menos a estátua de bronze da Pequena Sereia.

O dinamarquês mais conhecido é provavelmente Hans Christian Andersen, um escritor famoso principalmente devido aos seus contos de fadas, como As Roupas Novas do Imperador ou O Patinho Feio.

A melhor época para visitar esse belo país é de abril a maio onde as temperaturas são mais suaves. De julho a agosto faz calor e o sol fica alerta até as nove horas da noite. O país tem temperaturas contrastantes dependendo da época do ano e você pode pegar um frio de zero grau em janeiro ou um calor de 20 em agosto. Tudo depende do que você quer ver por lá.

Foto: Wikipédia