Caldas da Rainha e a Rainha Leonor

Gostou deste Post?

A cidade de Caldas da Rainha tem esse nome em homenagem à rainha Dona Leonor. A fama dessa cidade de 50 mil habitantes é devido as suas fontes de águas termais e sulfurosas. Os efeitos terapêuticos dessas águas foram comprovados por várias civilizações durante séculos. Claro que as instalações foram modernizadas com o passar do tempo. O turista que escolhe Caldas da Rainha para visitar descobrirá além dos benefícios das termas, uma beleza arquitetônica e um grande patrimônio.

Parque Caldas da Rainha

Entre os belos pontos turísticos de Caldas da Rainha está Ermida de São Sebastião, construída no século XVI e que fica ao norte da Praça da República. O local foi totalmente restaurado depois do terremoto de 1755. O interior da Ermida é o seu maior destaque com o conjunto de azulejos que representa a vida do padroeiro da igreja. Atualmente aqui é a sede da Associação Patrimônio Histórico e é nela que se realizam todos os eventos culturais da cidade.

Parque Caldas da Rainha

O Chafariz das Cinco Bicas é o maior e mais importante de todos os três que o rei Dom João V mandou construir. Ele é todo em estilo barroco e é composto por três corpos e um central que constitui um nicho formado por um arco enfeitado por pináculos.

A Igreja de Nossa Senhora do Pópulo foi fundada pela Rainha Dona Leonor no final do século XV. Sua arquitetura é no estilo manuelino. Ela é formada apenas por uma nave, a capela-mor que tem formato quadrado coroada por uma torre que se destaca graças a um monumental relógio em cada um dos lados. O interior da Igreja é revestido por azulejos azuis e amarelos.

E como já havia dito Caldas da Rainha é uma cidade termal por excelência. Aqui fica o Hospital Termal, onde você encontra a piscina das mulheres, a piscina dos homens, piscina escura fonte do arco e pocinho da copa. Tudo isso junto movimenta mais de 85 mil litros de água por hora; eles são provenientes de cinco nascentes.

O Hospital Termal foi construído pela Rainha Dona Leonor. ….”Pensa-se que, em 1484, durante uma viagem de Óbidos à Batalha, a Rainha Leonor de Viseu (mais conhecida na região como Rainha D. Leonor), mulher do rei D. João II, e a sua corte, tenham passado por um local onde várias pessoas se banhavam em águas de cheiro intenso. A rainha perguntou-lhes porque o faziam, pois naquele tempo não era normal as pessoas tomarem banho, muito menos em águas com cheiro pouco agradável, ao que responderam que eram doentes e que aquelas águas possuíam poderes curativos. A rainha quis comprovar se assim era e banhou-se naquelas águas, pois também ela era doente (não existe concordância em relação a este aspecto: alguns autores dizem que a rainha padecia de uma úlcera no peito, outros que tinha problemas de pele e outros ainda que tinha simplesmente uma ferida no braço). Conta a lenda que se curou e que no ano seguinte mandou construir naquele lugar um hospital termal para todos aqueles que nele se quisessem tratar.”…..

Rainha Leonor | Caldas da Rainha

Rainha Leonor | Caldas da Rainha

Entretanto é conveniente antes de se dirigir a Caldas da Rainha com o objectivo de visitar o Hospital Termal, verificar se o mesmo encontra-se aberto, pois o mesmo havia sido fechado recentemente com o objectivo de obras para melhoria.

Além dos benefícios da água, o turista também pode praticar tênis e pesca, além de alugar barcos. Junto ao Hospital Termal você encontra o Parque D. Carlos I; o parque conta com várias zonas recreativas, lagos, campos de tênis, bares e restaurantes. Você pode ainda visitar o Museu José Malhoa ou alguma das esculturas espalhadas por todo o parque. É um ótimo local para passeios ao ar livre.

Parque Dom Carlos - Caldas da Rainha

Parque Dom Carlos – Caldas da Rainha

Bem como também encontrará diversas lojas de cerâmicas típicas espalhadas pelos arredores do Parque onde é possível adquirir a arte inconfundivel do famoso artista Bordalo Pinheiro, onde o simbolo fálico masculino ilustra muitas peças e também a engraçada figura do ‘Zé Povinho’ criada para representar a atitude do politico do século XIX para com o povo portugues. A criação embora tenha surgido por volta de 1875 ainda hoje é atualissima! Vale a pena adquirir várias e oferecer aos amigos.

Zé Povinho | Bordalo Pinheiro

Zé Povinho | Bordalo Pinheiro

Conheça o Site: Portal de Caldas da Rainha

Fotos: António Pinheiro ©



Gostou deste Post?

Deixe o seu Comentário

*

Powered by MVO®