Café Nicola e Café A Brasileira | Ícones de Lisboa

Gostou deste Post?

Um dos ícones da capital portuguesa, a cidade de Lisboa certamente é o Café Nicola. Ponto tradicional e ideias, debates literários e propagação de opiniões. Este é o café mais freqüentado desde o século XVIII. Ele foi fundado no Rossio, por um italiano chamado Nicola Breteiro. É certamente um dos mais belos e antigos estabelecimentos de Lisboa. Um local imperdível.

Um leque de intelectuais sempre freqüentou o local. Mas um dos freqüentadores realmente se destacou entre todos os acadêmicos do local. Ele era Manuel Maria Barbosa Du Bocage. Infelizmente por causa dos conflitos entre os intelectuais e a policia, Nicola foi obrigado a encerrar as atividades.

Mas, em 1929, um antigo empregado de Nicola, o Joaquim Fonseca Albuquerque recuperou o antigo café e contribuiu de forma significativa para preservar o local e proporcionar às gerações futuras a possibilidade de conhecer a áurea do local freqüentado por Bocage.

O local já reuniu vários intelectuais e por isso o café Nicola é por excelência um dos cafés literários mais importantes da capital de Portugal. Aqui já estiveram nomes como Malhoa, Pato Monis, entre outros. Hoje o local é freqüentado apenas por turistas, além de ser um palco para o lançamento de livros.

A fachada exterior do Café Nicola foi refeita após a reabertura. Ela é obra do arquiteto Norte Júnior, o que lhe proporcionou diversos prêmios. Nenhum detalhe da fachada foi deixado de lado. No lado de dentro do café, você pode ver uma talha de madeira, ferros forjados e muitos lustres que compõem a decoração.

Há ainda uma escultura de Marcelino de Almeida, que resolveu retratar o cliente mais fiel do local, Bocage. O autor também é o tema principal das telas que decoram as paredes do local, de autoria do pintor Fernando Santos.

Outro detalhe importante relativo ao Café Nicola são os ‘pacotes de açucar’ originais e únicos. O Café Nicola sabendo que hoje em dia milhares de pessoas em todo o mundo colecionam ‘pacotes de açucar’ acabou por lançar diversas séries contendo frases e temas diversificados. Como mostra abaixo a imagem cortesia do site: Café Nicola

Pacote de Açucar - Café Nicola - Lisboa

Pacote de Açucar - Café Nicola - Lisboa

Outro café muito famoso em Lisboa é o emblemático café ‘A Brasileira’, fundado no dia 19 de novembro de 1950. Ele fica na Rua Garrett, bem perto do Largo do Chiado.

A ‘A Brasileira’ vendia o genuíno café vindo do Brasil, um produto muito pouco apreciado naquela época. O fundador do café ‘A Brasileira’, Adriano Telles viveu no Brasil e importou de lá o café e outros produtos como goiabada, tapioca, pimentinha, chá e farinha, além de vinhos e azeites.

O café ‘A Brasileira’ mantém a sua identidade, especialmente pela sua decoração e a simbologia do local, já que assim como o café Nicola, servia de recinto para artistas e escritores de renome como Fernando Pessoa, Almada Negreiros ou Jorge Barradas, entre outros.

Tanto que a ligação de Fernando Pessoa com o café A Brasileira é tão grande e forte que foi erguida uma estátua de bronze no local, perto da esplanada do café. Ela foi feita por Lagoa Henriques e imortalizou o cliente mais famoso do café ‘A Brasileira’.

Esses são dois dos melhores pontos turísticos de Lisboa e certamente ambos são locais preferidos dos turistas certamente não ficarão fora do eu destino quando visitar Lisboa. Um café cheio de histórias e com uma bela arquitetura que irão lhe impressionar na certa.

Visite o site: Café A Brasileira

Pessoa-A_Brasileira-1

Foto: Wikipédia



Gostou deste Post?

Deixe o seu Comentário

*

MisterWP - Criação de sites e blogues Profissionais em Wordpress