O arquipélago de Abrolhos fica na costa da Bahia e é formado por 5 ilhas e pelo Parcel de Abrolhos. Atualmente, Abrolhos é considerado um Parque Nacional protegido pelo IBAMA. É um paraíso com águas claras e quentes e você pode fazer ótimos passeios em grutas e navios naufragados, além de ver de perto a mais bela formação de corais do Atlântico Sul.

São mais de 160 espécies de peixes, crustáceos e moluscos, tudo bem pertinho de você.  Segundo diz a lenda, o nome Abrolhos surgiu da expressão “Abra os olhos” que eram escritas nas antigas cartas náuticas portuguesas, para que os navegantes tivessem cuidado com a região, já que aqui tem uma grande quantidade de arrecifes submersos.

A maior ilha de Abrolhos e a única habitada é a de Santa Bárbara, que tem um farol de fabricação francesa instalado no ponto mais alto do arquipélago. Não há hotel na ilha e os moradores são funcionários do IBAMA. Para quem vai visitar o local, a dica é desembarcar na ilha Siriba e pedir acompanhamento de um guia do IBAMA que vai te mostrar tudo sobre o local.

Você ainda pode visitar a Ilha Redonda, a Ilha Sueste e a Ilha Siriba, onde é permitido que você desembarque. Já a Ilha Guarita é a menor de todo o arquipélago, a sua superfície é formada por blocos de rochas vulcânicas; aqui você verá um show de cores, já que a ilha se alterna entre o negro das rochas e o branco do guano dos pássaros.

Se você quer ir para Abrolhos para fazer mergulho, a melhor época é no verão, quando as águas quentes estão mais claras e aumentam a visibilidade de quem vai mergulhar.

Agora para você que vai lá só para ver as maravilhas de Abrolhos, o indicado é ir no período de julho a novembro; é nesta época que você pode ver o show da Baleia Jubarte, elas escolhem abrolhos para se reproduzirem e fornecem um espetáculo inimaginável. Para ver tudo isso, faça um passeio de barco pela costa.

Agora se você quer ver as maravilhas submersas, pode fazer um mergulho no Parque Nacional Marinho de Abrolhos. Para isso você precisará de máscara, snorkel e nadadeiras. Você não precisa ser um mergulhador para se aventurar nas águas  de Santa Bárbara, as mais convidativas de todas.

Para descansar, você pode optar por uma escuna onde tem toda a infraestrutura de comida e para você passar a noite e dormir bem. Vale a pena você passar algumas noites agradáveis sob o céu estrelado do arquipélago.

Site Relevante: Abrolhos