O grupo português Vila Galé se prepara para lançar no Brasil hotéis low-cost sem serviço de quartos nem restaurante, mas com conforto acima da média, trata-se de um conceito inovador. A primeira unidade VG Express deverá abrir entre 2011 e 2012 em Fortaleza e terá um preço diário de 99 reais, cerca de 45 euros.

Jorge Rebelo de Almeida, presidente do grupo diz que “a ideia é criar hotéis de 100 a 150 quartos, com um nível de serviços muito reduzido, a elegância sem frigobar”. O projecto será complementado com uma coffee shop do tipo Fnac: além de refeições de cafetaria, irá incluir um espaço de venda de livros, CD e DVD.

Vila Galé

Apesar de ser um conceito ligado à recessão, o Vila Galé não irá trazer os hotéis low-cost para Portugal. Rebelo de Almeida considera que o mercado está saturado e “não tem falta de camas”. A marca será um exclusivo do Brasil, onde poderá estender-se a várias cidades do interior do país.

Fonte: Ionline