Provavelmente a companhia irá te orientar quanto ao tipo de compartimento ou caixa que você deverá comprar para transportar o seu animal com segurança.

Já falamos aqui no Big Viagem acerca da praticidade dos hotéis para cães e gatos,  hoje vamos enfatizar ou melhor, hoje vamos aconselhar a não levar o seu bichinho de estimação em suas viagens de férias. Sim eu sei, você ama o seu gatinho ou o seu cãozinho e vai sentir saudades. Muito bem, mas saiba que levar seu animalzinho de estimação numa viagem pode não ser nada confortável para ele e para você.

Veja o vídeo abaixo que é bastante elucidativo:

Em primeiro lugar ressaltamos que existem excelentes hotéis para cães e gatos onde você poderá deixar o seu bichinho de estimação com toda tranquilidade e conforto. Nestes hotéis geralmente o seu animal de estimação recebe todo o cuidado que incluem alimentação, banho, tosa, passeios diários,  transporte do animal e muito mais.

Os gatos geralmente são os mais arredios e que estranham mais hotéis, mesmo assim é possível deixa-los lá também com muita comodidade e conforto. Agora se você realmente decidir levar o seu bichinho de estimação em sua viagem, prepare-se para muita burocracia.

Provavelmente a companhia irá te orientar quanto ao tipo de compartimento ou caixa que você deverá comprar para transportar o seu animal com segurança.

Viajar de Avião:

– Geralmente a viagem pode ser muito complicada e burocrática. Saiba que nem todo animal pode viajar de avião.

– É no check-in que normalmente você apresenta o seu animal bem  como toda documentação de autorização de viagem. É necessário um atestado de saúde do animal expedido pel veterinário e penso que ainda exigem a GTA (Guia de Transportes de Animais) .

– Cada companhia aérea tem suas regras específicas para transportar animais, por isso antes de se programar entre em contaacto com a companhia aérea  para evitar surpresas de última hora; e estragar a sua viagem de férias.

– Provavelmente a companhia irá te orientar quanto ao tipo de compartimento ou caixa que você deverá comprar para transportar o seu animal com segurança. Compre com antecedência e faça com que seu animal se acostume com a mesma, deixando-o dormir lá dentro com a porta aberta alguns dias antes da viagem. 😉

– Vôos internacionais são mais complexos por isso exigem maiores cuidados. Certas raças não são transportadas por algumas companhias aéreas, pelo que sei  Boston Terrier, Pug Japonês, Spaniel Japonês, English Bulldog, Bull Terrier não são aceitos. Certifique-se com a companhia aérea escolhida.

– Fêmeas prenhas não devem viajar de avião.

– Não se esqueça de colocar uma coleira com identificação completa do seu animal e sua, nome completo, telefones de contacto, nome do hotel, etc.

– Leve seu animal ao veterinário para uma consulta de rotina e para pedir orientações sobre como proceder na viagem.

– Algumas companhias aéreas permitem que o animal de estimação viaje com o dono na cabine devidamente acondicionado no compartimento apropriado, mas geralmente eles são transportados no porão numa área climatizada.

– O dono do animal irá geralmente retira-lo na esteira juntamente com suas bagagem pessoal. Mas não se esqueça de perguntar isso no check-in.

Viajar de Ônibus:

– É necessário estar com as vacinas em dia e apresentar a GTA (Guia de Transporte Animal).

– É necessário acondicionar o seu animal nas caixas especiais para transporte de animais.

Nos demais meios de transportes como navio e trem,  as condições para aceitar animais são diferentes e você deverá checar isso na companhia em que pretende viajar. Lembre-se também que devido a alterações climáticas e outros factores o seu animal de estimação pode estranhar e apresentar sintomas físicos como vómitos, diarréias, e até mesmo tornar-se muito inquieto; por isso pense 3 vezes antes de leva-lo consigo.

Como eu acho que viagem de férias é para ser desfrutada em paz, aconselho vivamente que vocês reflictam com carinho a cerca deste tema. 😉