Sinônimo de luxo e glamour, o Ritz-Carlton em Hong Kong, considerado o hotel mais alto do mundo está situado no topo do International Commerce Centre (ICC), ocupando do 102º ao 118º andar. O hotel combina o luxo e a modernidade com serviços de excelência na cidade mais emblemática da Ásia. O Ritz-Carlton já conta com um portfolio global de 75 hotéis de luxo, 16 dos quais na Ásia.

“Através da parceria com a Sung Hung Kai Properties, empresa de gestão de propriedades imobiliárias, fomos capazes de criar algo verdadeiramente único para receber os nossos hóspedes não apenas no hotel mais alto do mundo, mas também num dos melhores hotéis do mundo.”, afirma Herve Humler, Presidente e Chief Operations Officer da The Ritz-Carlton Hotel Company, L.L.C.

A sensação à chegada é de cortar a respiração, com vistas sobre o porto de Victoria e sobre toda a cidade  de Hong Kong. Os hóspedes serão recebidos no lobby do edifício, no 9º andar, e depois conduzidos até ao lobby do hotel, no 103º andar, onde uma vista panorâmica sobre Hong  Kong os aguarda. O Ritz-Carlton Hong Kong tem 312 quartos, todos com vista sobre a cidade e o porto. Desde o Quarto Deluxe, com 530 m2, até à Suite Ritz-Carlton, com 3,920 m2, todos os quartos incluem a mais avançada tecnologia (WiFi, iPod, leitores de DVD blu-ray e TVs).

Além disso conta com 6 restaurantes criados pelos maiores nomes do design de restaurantes, entre elas a Japan’s Spin Design Studio e a Wonderwall.  São três restaurantes no 102º andar, entre eles o Tin Lung Heen, um restaurante chinês de cozinha cantonesa requintada, o Tosca, um restaurante italiano de cozinha do Sul de Itália, e o moderno The Lounge & Bar.

O destaque fica por conta do luxuosíssimo restaurante Ozone, no 118º andar, que oferece tapas asiáticas, cocktails de assinatura e uma completa lista de vinhos, num terraço que proporciona aos clientes a melhor vista sobre a cidade. Para relaxar o The Ritz-Carlton Spa, da ESPA, é a ultima tendência em experiências em Spas urbanos. Localizado no 116º andar, tem nove salas de tratamento e duas suites de casal, todas com vistas panorâmicas.

Ir para Hong Kong e ficar num hotel assim vale a pena não é mesmo? 🙂

Fonte: Grupo GCI