Brasil - Turismo, Férias e Viagens Viagens, Turismo e Férias - Diversos

Riscos de transportar alimentos na bagagem – Campanha Bagagem 100% Legal

Riscos de transportar alimentos na bagagem – Campanha Bagagem 100% Legal
5 (100%) 1 voto

Foi lançada neste início de Julho de 2012, a campanha Bagagem 100% Legal em 17 aeroportos brasileiros. A ação foi lançada pelo Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) , e faz parte da comemoração do Dia do Fiscal Federal Agropecuário, do último dia 30 de Junho.

A campanha Bagagem 100% Legal tem como objetivo orientar os passageiros sobre riscos de transportar alimentos na bagagem em viagens internacionais. Alimentos culturalmente famosos como bacalhau português, linguiça, salame, doce de leite argentino e queijos estão na lista de proibições.

Segundo Sr. Wilson Roberto de Sá, presidente do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários: …”A restrição é importante para evitar a entrada de novas pragas e doenças que podem comprometer a saúde da população, agricultura e a pecuária do país.”….

…”Esses alimentos, quando transportados durante as horas de viagem, podem ser responsáveis pela proliferação de bactérias, fungos e vírus. O Brasil já passou por uma série de episódios de pragas vindas de outros países, como o surto da peste suína e do caramujo africano, e por isso, é preciso respeitar as leis sanitárias”….

Quem for pego com alimentos proibidos terá o produto confiscado e destruído pelos fiscais federais. Além disso, o passageiro pode ser advertido formalmente e sofrer aplicação de multa. A fiscalização também é adotada em vários países e a lista de proibições varia conforme o destino.

Folhetos de orientação estarão disponíveis nos aeroportos das principais capitais brasileiras.

Leia o artigo na íntegra em: – BOL – Campanha orienta sobre riscos de transportar alimentos na bagagem

Fonte: ANFFA sindical

Veja o vídeo e saiba mais, confira a entrevista de Fernando Fagundes, Delegado Sindical do DF, clique >>  Telejornal DF Record que destaca a ação da ANFFA Sindical.

Deixe Comentário

Insira Por favor o resultado, para poder avançar