Primeiro vamos a uma pequena introdução sobre quem foi o grande Chico Xavier para o Brasil. Para quem nunca ouvi falar, Chico Xavier (Francisco de Paula Cândido Xavier) foi um médium e um dos mais importantes divulgadores do espiritismo no Brasil. Chico Xavier nasceu em Pedro Leopoldo (Minas Gerais) em 2 de abril de 1910 e faleceu em Uberaba (Minas Gerais) em 30 de junho de 2002.

Chico Xavier era de família humilde,  era filho de João Cândido Xavier, um vendedor de bilhetes de loteria, e de Maria João de Deus, uma dona de casa católica. Segundo biógrafos, a mediunidade de Chico teria se manifestado pela primeira vez aos quatro anos de idade.

Museu Chico Xavier
Museu Chico Xavier – Foto Editora Ideal ©

A mãe faleceu quando Francisco tinha apenas cinco anos de idade. Incapaz de criá-los, o pai distribuiu os nove filhos entre a parentela. Nos dois anos seguintes, Francisco foi criado pela madrinha e antiga amiga de sua mãe, Rita de Cássia, que logo se mostrou uma pessoa cruel, e lhe impunha os piores castigos corporais. Felizmente o pai de Chico casou-se novamente e a nova madrasta, Cidália Batista, exigiu a reunião dos nove filhos. Francisco tinha então sete anos de idade. Passou então a estudar numa escola pública.

Chico Xavier em 1968 - Foto de Fran6fran6 - Wikipédia
Chico Xavier em 1968 – Foto de Fran6fran6 – Wikipédia

As primeiras obras medíunicas começaram por volta de 1931, onde Chico Xavier iniciou a psicografia da obra Parnaso de Além-Túmulo (uma antologia de poemas cuja autoria é atribuída a poetas mortos). Em 1943, vem a público uma das obras mais populares da literatura espírita no país, o romance Nosso Lar, o mais vendido e divulgado da extensa obra do médium, que no ano de 2010 se tornou um filme. Esse é o primeiro de uma série de livros cuja autoria é atribuída ao espírito André Luiz. Em 1975 fundou o centro espírita “Casa da Prece” em Uberaba.

Chico Xavier publicou mais de 450 obras literárias psicografadas que levaram alento a milhões de brasileiros que haviam perdido um ente querido. Chico, nunca admitiu ser o autor de nenhuma dessas obras. Reproduzia apenas o que os espíritos lhe ditavam.Por esse motivo, não aceitava o dinheiro arrecadado com a venda de seus livros. Vendeu mais de cinquenta milhões de exemplares em português, com traduções em inglês, espanhol, japonês, esperanto, italiano, russo, romeno, mandarim, sueco e braile. Psicografou cerca de dez mil cartas de mortos para suas famílias, nunca tendo cobrado por isso. Para quem tiver interesse em conhecer mais sobre a vida de Chico Xavier poderá assistir os filmes: Chico Xavier, As Mães de Chico Xavier e As Cartas de Chico Xavier.

Chico Xavier no Programa Pinga Fogo em 1972:

A residência de Chico Xavier foi transformada no Museu Chico Xavier, com todos os seus pertences pessoais.Nela turistas e visitantes locais poderão ver a vida humilde que Chico levava, bem como o local onde o médium se reunia para psicografar as cartas dos espíritos e receber as pessoas da cidade as quais prestava assistência e ajuda humanitária.

Museu Chico Xavier
Museu Chico Xavier – Foto Editora Ideal ©

* Este artigo não tem nenhuma conotação religiosa, portanto comentários contra (ou a favor) desta ou daquela religião serão deletados. Chico Xavier foi um dos poucos seres neste mundo que me trouxe algum tipo de resposta para as minha indagações íntimas. Através dele passei a olhar um outro lado da vida, e por isso fica aqui minha singela homenagem à este grande homem! Assim como já falei aqui da casa do Papa João Paulo II, desta feita falei de Chico!

Museu Chico Xavier
Rua Dom Pedro I nº 165 – Parque das Américas – Uberaba – Minas Gerais
Horário de visitação: Segunda a Sexta, das 8h às 11h e das 13h às 17:30 e aos Sábados das 8h00  às 12h00

Fonte Imagens: Editora Ideal