Se você é fã de Carlos Gardel, o mais famoso dos cantores de tango argentino, com certeza então irá apreciar o Museu Carlos Gardel situado em Buenos Aires e que mostra ao público parte da vida de Gardel, com exposição de objetos pessoais e um pouco de sua obra. O Museu Casa Carlos Gardel, foi criado na casa da mãe de Gardel, imóvel adquirido pelo cantor no ano de 1927; local onde ele viveu com a mãe até 1933. Em 1943, a mãe de Gardel faleceu e o imóvel passou para as mãos de um herdeiro. Já nos anos 80, a casa abrigou La Casa del Tango. Em 1996, o empresário Eduardo Eurnekian comprou a propriedade e, no ano de 2000, doou ao Governo da Cidade Autônoma de Buenos Aires, sendo o Museu criado no ano de 2003.

Carlos Gardel - Foto de José María Silva (Domínio Público) em 1933
Carlos Gardel – Foto de José María Silva (Domínio Público) em
1933, Montevideo, Uruguay.

A verdadeira nacionalidade de Gardel, parece ser uma incógnita até hoje, alguns dizem que o cantor nasceu no ano de 1890 em Toulouse, outros sustentam a tese de que Gardel teria nascido em Tacuarembó, Uruguay.

De uma voz única e de uma beleza rara, Gardel deu a conhecer o mundo o tango e a Argentina, ao todo foram mais de 800 canções gravadas por ele, nisso incluem-se tangos, fox-trots, fados, pasodobles e músicas folclóricas,etc. Gardel além da bela voz, era uma excelente ator tendo atuado em grandes filmes como El tango en Broadway (1934) e El día que me quieras (1935).

Gardel morreu, aos 45 anos, em 24 de junho de 1935 num desastre de avião durante uma turnê, em Medellín, na Colômbia.

Infelizmente o site do Museu Carlos Gardel não contém imagens das peças expostas, e tão pouco informações mais aprofundadas sobre o local, mas quem desejar visitar poderá faze-lo em: –  Museu Carlos Gardel

Museu Carlos Gardel em Buenos Aires
Jean Jaurés 735