Mirante do forte, na Ilha do Mel, Paranaguá-PR - Foto de Marcos Guerra - Wikipédia

Pouco se fala sobre o litoral Paranaense, porém é nele que está situado um dos mais belos recantos tropicais do Brasil, a Ilha do Mel. A Ilha do Mel faz parte do munícipio de Paranaguá, dos seus 2700 hectares apenas 200 têm permissão de uso – o restante é reserva ecológica, tombada pelo Patrimônio Histórico em 1975.

Mirante do forte, na Ilha do Mel, Paranaguá-PR – Foto de Marcos Guerra – Wikipédia

Atualmente administrada Instituto Ambiental do Paraná, a Ilha do Mel é um dos pontos turísticos mais visitados da região. A travessia para a Ilha do Mel é feita com segurança, por barcos que saem de Pontal do Sul (30min) ou de Paranaguá (1h45min). Existem linhas regulares diariamente entre as 8h00 e 17h00, mas também podem ser fretadas embarcações em outros horários.

Não é permitida a tração animal ou a motor na ilha. Existem muitas áreas onde não é permitida a presença de visitantes. Para garantir a preservação ambiental, apenas 5 mil pessoas podem visitar a Ilha do Mel simultaneamente. A ilha possui quatro pontos turísticos de destaque: Ao norte a Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres, no centro Nova Brasília, o Farol das Conchas e ao Sul Encantadas.

Mirante do forte, na Ilha do Mel, Paranaguá-PR – Foto de Marcos Guerra – Wikipédia

Um ponto curioso da localidade é que há 100 mil anos, o mar encontrava-se a 120 metros acima do nível atual, ao longo deste tempo o mar recuou e avançou centenas de vezes, e esta ação do tempo e da natureza esculpiu o que hoje é a Ilha do Mel. A Ilha do Mel é considerada também um roteiro romântico para casais em lua-de-mel, pois conta com várias pousadas acolhedoras e confortáveis. Durante o dia o clima é quente, a noite faz frio, por isso leve roupas de verão, mas não esqueça de um agasalho mais quentinho. Este clima frio noturno propicia o clima de romance.

Na Ilha do Mel não há carros, ruas ou estradas, os visitantes andam a pé pelas trilhas e por ‘ruas’ de areia entre as casas, o único meio de transporte terrestre é a bicicleta; por isso lembre-se de levar calçados confortáveis. Prefira levar mochilas, as malas são pesadas demais para carregar por caminhos tortuosos. O comércio local oferece restaurantes, mercadinhos, pousadas e campings. Esportes como o surf podem ser praticados na Praia Grande, o point do jovens e descolados. Alguns locais oferecem música norturna aos visitantes, porém não conte com muito agitação. A Ilha do Mel é um local de puro descanso e relaxamento, se você quer curtir noitadas, o local não é indicado para isso.

Os visitantes podem também contratar barcos autorizados para fazerem um passeio até o Parque Nacional do Superaguí e Guaraqueçaba Salto Morato, locais deslumbrantes e inesquecíveis.

Gruta das Encantadas, Ilha do Mel, Paranaguá-PR – Foto de Marcos Guerra – Wikipédia

Itens fundamentais para se levar para a ilha:

Lanterna com reserva de pilhas já que a ilha não possui iluminação pública, óculos de sol, boné ou chapéu, sandálias, tênis anti-derrapantes, protetores solares com alto FPS, repelente contra insetos, remédios que você costuma usar (lá não há farmácias), loção after sun para refrescar a pele, leve também dinheiro (não há caixas eletrônicos), e itens de primeiros socorros.

Pontos turísticos da Ilha do Mel:

* Praia das Encantadas
* Ponta da Nhá Pina
* Praia do Miguel
* Praia Grande
* Farol das Conchas
* Nova Brasília
* Fortaleza de Nossa Senhora dos Prazeres