O pequeno arquipélago de Malta é um local recheado de cultura e uma parada obrigatória para quem vai a Europa. Ilha de Malta é um pequenino país composto por cinco ilhas muito próximas, situadas a 93 km ao sul da ilha da Sicília, a sudoeste da Itália. O país é cheio de história e ocupações e invasões dos fenícios, romanos, árabes, franceses e ingleses que certamente deixaram a sua marca.

Hoje Malta é considerada o mais popular recanto de férias no Mediterrâneo. Para quem gosta de comprar, os vinhos malteses são muito apreciados, assim como o artesanato local. As melhores peças são as de vidro, cerâmica, as famosas e lindas bonecas, artigos de cobre e latão e todos aqueles feitos e trabalhados em ouro e prata. Na Praça de São João estão todos os trabalhos artesanais da região.

Em Malta você encontra tudo o que precisa para realizar esportes náuticos, em especial o mergulho. São rochas, grutas e cavernas cheias de fauna e águas límpidas. Para quem gosta, também há um campo de Golfe de 18 buracos, canchas de tênis, equitação, squash e uma vida noturna com vários bares, discotecas e cafeterias.

Um dos locais que você deve visitar é Valleta, a capital do arquipélago. Ela conserva o clima e sabor da época dos Cavalheiros; cheia de muralhas, fortificações e torres. O destaque é o Forte de São Telmo. Já o Museu da Guerra guarda a memória da Segunda Guerra Mundial. Outros bons locais para se visitar são: o Museu Nacional, o Palácio do Grande Maestre e o Museu de Belas Artes.

Medina é conhecida como a cidade do silêncio por ser um reduto de tranquilidade. É uma bela vila medieval que um dia chegou a ser capital de Malta. Toda essa tranquilidade e as ruas vazias dão um ar de mistério ao local. A parte mais atrativa da cidade é a Catedral que tem um museu que guarda águafortes de Durero; outro local muito interessante é o museu de Ciências Naturais que fica dentro de um antigo palácio.

Já Rabat conserva o jeito de quando ainda era uma cidade romana. Em Malta você verá museus restaurados que mostram os vestígios desta civilização. Um bom local para visitar são as Catacumbas de Santa Agata e São Paulo e a Gruta de São Paulo.

As ilhas também são excelentes locais para visitar, principalmente a Ilha do Gozo com uma paisagem de um verde admirável e salpicado de velhas igrejas e pequenas vilas. Já a pequenina Ilha de Comino é um reduto de tranquilidade – para se ter uma noção, não existe automóvel lá; o único hotel da ilha é preparado exclusivamente para a prática de esportes aquáticos, especialmente para quem ama mergulhar.

Foto: Wikipédia