Devido a grande quantidade de brasileiros que viviam no exterior estarem retornando ao Brasil, e devido a imensa dificuldade de readaptação e reintegração ao mercado de trabalho brasileiro, o  Itamaraty lançou o “Guia de Retorno ao Brasil”, distribuído nas embaixadas.

A psicóloga Kyoko Nakagawa, coordenadora do projeto Kaeru, de reintegração de crianças que voltam do Japão, cita que a adaptação em um país diferente acontece em seis meses, já a readaptação ao país de origem demora dois anos. Segundo o neuropsiquiatra Décio Nakagawa, marido de Kyoko Nakagawa, falecido em 2011, o caminho de volta para a terra natal pode gerar depressão, é a chamada “síndrome do regresso”, que atinge ex-imigrantes. Isso tudo porque quando uma pessoa fica muitos anos afastado do seu país, ao retornar sente-se deslocado e totalmente sem rumo; muitas vezes sem saber que rumo seguir.

Preocupando-se com estas questões o Itamaraty agregou no “Guia de Retorno ao Brasil”  inúmeras  informações acerca de orgãos públicos que podem auxiliar o ex-imigrante a se resocializar no Brasil.

Para ter acesso ao PDF clique em: – Guia de Retorno ao Brasil