Este artigo escrito por nosso colaborador Pedro B. é destinado aos turistas que adoram aventuras e estão sempre em busca de novas emoções, lugares diferentes, eventos inusitados e grandes surpresas. Como este guia você poderá preparar-se antecipadamente para uma aventura!

Gosta de festas? Será que você consegue encontrar abaixo uma que teria curiosidade em participar?

Qual a sua eleita? Deixe nos comentários a sua opinião! 😀

Guia 2015 para festivais improváveis

No início de cada ano desejamos e acreditamos que este é que vai ser o ano das nossas vidas. E mesmo que o não demonstremos, guardamos sempre uma centelha de esperança que o ano que se inicia irá trazer boa sorte, fortuna e uma quantidade de condimentos que misturados dará um ano de sonho. Todos os anos é assim, quer estejamos na primavera ou no inverno avançado da nossa vida.

O novo ano começa e com ele fazemos planos, promessas e assumimos novas convicções de um dia para o outro. É uma altura verdadeiramente mágica. E mesmo que na maior parte das vezes não passem de isso mesmo, o simples facto de nos darmos ao trabalho de fazer esses planos já vale a pena. Digamos que é um consumo de energia agradável e revigorante.

O que é que o leitor prometeu para este ano? Deixar de fumar? Arranjar um trabalho de sonho? Encontrar a sua cara metade? Pois bem, normalmente a promessa que eu faço tem a ver a quebra de rotina e com o desejo da vida me surpreender. Esta surpresa, normalmente, é abstracta, colocando-me eu numa posição de receptor, de vítima. Eu só desejo que a vida me surpreenda, seja de que forma for.

Partindo deste desejo e racionalizando este sentimento quase intraduzível que me dá por volta das 00:01h do dia 1 de Janeiro, fui tentar antecipar possíveis formas de ser surpreendido pela vida. Para tal, organizei um calendário mensal e desejei que a vida me surpreendesse, pelo menos, 1 vez por mês. Depois de muitas buscas e incertezas, encontrei 12 festivais, claramente improváveis, mas reais, cujo formato tem a capacidade de me surpreender. São 12 festivais inacreditáveis que vos apresento aqui em formato de menu mensal e que ocorrem em 12 partes diferentes do nosso globo. Tive de sacrificar alguns festivais porque, apesar da sua improbabilidade evidente, ocorriam em meses que já estavam tomados ou em países igualmente tomados. Das minhas pesquisas, constatei que os Espanhóis são o povo mais criativo na concepção destes festivais, seguidos de muito perto pelos Japoneses. Por exemplo, tive deixar de parte, um festival que ocorre em Espanha todos os anos que consiste numa competição de salto por cima de bebés. Fantástico não é?

Vamos então a esse guia 2015 para festivais improváveis:

Janeiro: Magh Mela Festival – Índia

Trata-se de um festival onde os Indianos celebram a origem do universo. Para tal, milhares de peregrinos Indianos tomam um banho no SANGAM, o ponto de intersecção entre os rios Ganges, Yamuna e Saraswati. Fazem-no porque acreditam que este banho os lava de todos os seus pecados.

 Magh Mela Festival – Índia -  Imagem Reuters ©
Magh Mela Festival – Índia – Fonte Ibtimes – Imagem Reuters ©

Fevereiro: Pingxi Lantern Festival – Taiwan

Entre 100.000 e 200.000 “balões de fogo” são lançados todos os anos neste festival com mais de 2.000 de história. Os “balões de fogo” eram utilizados para sinalizar os aldeões de que as suas aldeias estavam fora de perigo aquando das investidas de bandos fora-da-lei. Hoje tornou-se num evento reconhecido mundialmente e proporciona imagens verdadeiramente impressionantes.

Pingxi Lantern Festival – Taiwan Imagem de PanatFoto
Pingxi Lantern Festival – Taiwan – Imagem de PanatFoto © – Fonte: Fest 300

Março: Frozen Dead Guy Days – EUA

O festival Frozen Dead Guy Days tem lugar no Colorado, nos Estados Unidos e celebra, anualmente, a descoberta em 1994 de cadáver criogenado de um norueguês de seu nome Bredo Morstel.

Segundo reza a história, o corpo de Bredo Morstel foi trazido para os EUA pela sua filha e pelo seu neto. Ao chegarem aos EUA instalaram-se numa vila do Colorado – Nederland – e dedicaram-se a montar um laboratório de criogenação para manter o cadáver do seu pai. Quando vários repórteres fizeram esta descoberta, constataram que o cadáver de Bredo Morstel manteve-se intacto durante anos na casa da sua filha que foi despejada de sua casa por não ter as condições mínimas requeridas, ou seja, não tinha canalização e electricidade… apesar de ter conseguido manter o cadáver do seu pai. Quando foi despejada, a principal preocupação era o cadáver do seu pai e assim se construiu uma história que deu origem a este estranho festival onde todos os anos milhares de pessoas mascaram-se de cadáveres congelados e desfilam em paradas, para alem de se organizarem concursos, corridas de caixões e concertos ao vivo.

Frozen Dead Guy Days – EUA Imagem: Luceo Images Matt Slaby - Fonte: The Photo Brigade
Frozen Dead Guy Days – EUA
Imagem: Luceo Images Matt Slaby © – Fonte: The Photo Brigade

Abril: Songkran Festival – Tailândia

Entre 13 e 15 de Abril, em alguns locais do sudoeste asiático celebra-se o início de cada ano. Na Tailândia entra-se no ano novo com intenções de se, literalmente, lavar, originado assim um festival onde milhares de pessoas saem para a rua para mandar baldes de água a todos os que estão por perto e participar em verdadeiras batalhas campais com pistolas de água.

 Songkran Festival – Tailândia Foto de Kate Xiao © - Fonte: National Geographic
Songkran Festival – Tailândia – Foto de Kate Xiao © – Fonte: National Geographic

Maio: Cooper’s Hill Cheese Rolling and Wake: Inglaterra

Do alto de uma colina são lançados queijos gloucester de formato redondo para os participantes tentarem apanhá-los. Por vezes, derivado à inclinação da colina, estes queijos chegam a atingir velocidades de cerca de 110 km/h, tornando-os virtualmente impossíveis de os alcançar e gerando uma série de lesões nos intrépidos corredores. Apesar da sua inverosimilhança, este festival traz pessoas de todo o mundo para competir ou simplesmente assistir a esta curiosa competição.

Cheese Rolling - Gloucestershire Foto de PA ©
Cheese Rolling – Gloucestershire Foto de PA © – Fonte: Telegraph

Junho: White Nights – Rússia

São Petersburgo acolhe anual este festival de artes na sua bela cidade. Ao longo de mais de um mês, os visitantes têm a oportunidade de assistir a bailados clássicos, concertos e atuações de inúmeros artistas nacionais e internacionais. O festival tem o seu auge num festival de luz e pirotecnia ao longo do rio para celebrar um navio imaginado por Alexander Grin num conto para crianças escrito em 1922. Este festival conta por ano com mais de 1 milhão de visitantes.

 White Nights – Rússia  - Foto de stylenumber5.com ©
White Nights – Rússia – Foto de stylenumber5.com ©

Julho: Boryeong Mud Festival – Coreia do Sul

Este festival nasceu em 1998 a partir da acção de um conjunto de empresários para promover as qualidades minerais de um determinado tipo de lama característico de Boryeong. Milhares de pessoas cobrem-se de lama originando concursos de lutas de lama, escorreganços na lama, massagens e concursos de fotografia.

Boryeong Mud Festival – Coreia do Sul
Boryeong Mud Festival – Coreia do Sul – Foto de AP / Lee Jin-man © – Fonte: Courier Mail

Agosto: La Tomatina – Espanha

O tomate é o rei desta festa que atrai todos os anos milhares de turistas à vila de Buñol. 130 toneladas de tomada são disponibilizados para serem usados como arma de arremesso a quem quer que esteja ao seu alcance. O resultado é uma espécie de sopa de tomate monumental.

La Tomatina - Foto Site Oficial: La Tomatina
La Tomatina – Foto Site Oficial: La Tomatina

Setembro: OktoberFest – Alemanha

Oktoberfest significa consumo massivo de cerveja em Munique. Ao longo dos 16 dias deste festival estima-se que se consomem mais de 7 milhões de litros de cerveja.

Oktober Fest- Foto: Isaacs ©
Oktober Fest- Fonte e Imagem: Isaacs ©

Outubro: Campeonato de mundo de “Air Guitar” – Finlândia

Parece impossível, mas existe. O arte de “Air Guitar” é celebrada todos os anos no formato de um campeonato do mundo, este ano a ocorrer na Finlândia. Mas o que é o “Air Guitar”?. É a arte de imitar os guitarristas de rock. Sim, como todos nós o fizemos quando frequentamos discotecas. Parece que existem milhares de seguidores desta arte e verdadeiros intérpretes destes solos imaginários.

Air Guitar - Fonte Site: Fest 300
Air Guitar – Finlândia – Fonte Site: Fest 300

Novembro: Festa del Cornuto – Itália

No segundo Sábado de Novembro, numa vila perto de Roma, de seu nome Rocca Canterano, organiza-se um tributo aos cornudos (vulgo, aqueles que foram enganados pelo seu parceiro), para que se sintam confortados. Pouco mais há a dizer. Resta saber quem é que tem coragem para lá ir.

festa-del-cornuto
Festa del Cornuto – Itália – Foto de Carmine Puzo © on Flickr – Fonte: Some where in The World

Dezembro: Junkanoo Parade – Bahamas

Com início a 26 de Dezembro, este festival de cor, ritmos e dança celebra a vida e a liberdade conquistada pelos escravos. Consta que existe desde o século XVIII e é o mais antigo festival celebrado nas Caraíbas e capaz de rivalizar com qualquer carnaval.

Junkanoo - Fonte: Creative Nassau
Junkanoo – Fonte: Creative Nassau