Altar da Igreja de São Martinho do Porto em S. Martinho (Alcobaça)
Altar da Igreja de São Martinho do Porto em S. Martinho (Alcobaça) - Foto de Kátia Pinheiro

Por todo Portugal no dia 11 de Novembro de todos os anos realizam-se festas em homenagem a São Martinho. O santo é conhecido pela sua generosidade. Martinho era filho de um soldado do exército romano e, como era tradição, acabou por seguir a profissão do pai, tendo entrado para o exército com apenas 15 anos de idade.

Conta-nos a história que São Martinho, nascido na Hungria, num dia de muito frio e chuva, estando na França a serviço do Imperador, encontra em seu caminho um pobre homem que pedia esmolas debaixo de uma grande tempestade. São Martinho compadecido com a situação do pobre homem, terá cortado a sua capa de soldado ao meio e oferecido metade ao mendigo. Quando então, imediatamente, a chuva que cai torrencial, cessou. O céu ficou azul e um lindo sol surgiu.

São Martinho após este gesto de generosidade e vendo o céu abrir-se, decidiu abandonar a vida militar e dedicar-se a vida religiosa. O santo faleceu no ano de 397 d.C e desde então sua história vem sendo passada de geração em geração.

Altar da Igreja de São Martinho do Porto em S. Martinho (Alcobaça)
Altar da Igreja de São Martinho do Porto em S. Martinho (Alcobaça) – Foto de Kátia Pinheiro

Por isso, no dia 11 de Novembro, diz o dito popular: Em dia de São Martinho, “lume, castanhas e vinho”. Muitas cidades portuguesas realizam a famosa festa de São Martinho, as que se destacam no calendário de festas e romarias de Portugal, são:

– Festa de S. Martinho (Padroeiro) em Penafiel
– Festa de São Martinho em Ponte de Lima
– Festa de São Martinho em S. Martinho do Porto (Alcobaça).
– Festa de São Martinho em Portimão (Algarve)

Em qualquer uma delas a diversão é garantida, podendo o turista deliciar-se com a gastronomia local, bem como exposições, feiras de artesanato, bailaricos, shows de animação e muito mais.