Rio Negro e Solimões - Encontro das Águas

A cidade de Manaus no norte do Brasil (capital do Amazonas) é a porta de entrada para aqueles que querem descobrir a beleza da Amazônia. Os turistas procuram a Amazônia justamente para desvendar os encantos locais como os animais, as plantas, águas e as tribos indígenas; porém Manaus não é só natureza.  Só a cidade em si já é uma visão particular do passeio, já que parece ter sido cuidadosamente esculpida no meio de tanta área verde. Repare também a forte influência européia proveniente dos áureos tempos da borracha.

O Teatro Amazonas, com capacidade para 701 pessoas, é um dos pontos turísticos mais lindos, localizado na praça São Sebastião, no centro de Manaus. Construído em 1896, o teatro é a expressão mais significativa da riqueza da região durante o Ciclo da Borracha.

Teatro Amazonas - Wikipédia
Teatro Amazonas – Wikipédia

Para entrar de vez no clima da Amazônia, vá ao Mercado Municipal Adolpho Lisboa que é uma replica fiel do parisiense Les Halles. São produtos regionais únicos, diferente de tudo o que você já viu. São diversas cores, cheiros, plantas, peixes e a bela vista para o Rio Negro. O mercado é o principal ponto de compras da Amazônia.

Perto do mercado tem o exuberante do Teatro Amazonas, o maior marco e legado histórico de Manaus. Ele foi construído em 1896 com material importado da Europa, no fértil e rico período da borracha. Só por esse fato você já pode ter uma noção histórica do monumento. Do lado de fora você pode perceber que a cúpula é toda revestida com as cores da bandeira brasileira.

Passando para as belezas naturais o destaque fica para o encontro das águas barrentas do rio Solimões com as escuras do rio Negro. As águas correm, lado a lado sem se misturar por mais de 6 quilômetros formando o Amazonas, o maior rio do mundo em volume e extensão.

Rio Negro e Solimões - Encontro das Águas
Rio Negro e Solimões – Encontro das Águas

Para quem visita essa região tem diferentes opções de hospedagem concentradas na margem dos rios e dos afluentes.  Tem a opção de se alojar em algum construído sobre as balsas ou suspensos em palafitas erguidas nos igapós. Tudo feito especialmente para que você sinta o clima de aventura.

E ainda perto de Manaus, a tribo dos índios Dessanos mantém uma pequena área destinada a apresentações turísticas, que são feitas dentro de uma oca onde eles envolvem os turistas em todas as tradições da tribo e você pode até mesmo participar das festividades. Do lado de fora, a tribo disponibiliza algumas lembrancinhas para você levar para casa.

Fique atento aos passeios já que a qualquer momento você pode assistir ao espetáculo dos botos cor-de-rosa e tucuxis dando verdadeiras piruetas no ar. Os macacos-aranhas também adoram visitar os turistas.

Aproveite todos os passeios nos rios e caminhe bem pela cidade para ver a mistura da colonização européia com o toque indígena. Só não estranhe voltar para casa com algumas picadas de insetos (leve algum repelente). Do resto é só relaxar e respirar o ar mais puro da sua vida.

Foto : Teatro Amazonas – Wikpédia

Foto:  Rio Solimões – Wikipédia