Paris, a famosa cidade luz que encanta todos que por ela passam. São museus, belas esculturas e a mais famosa torre do mundo. Mas a cidade mais romântica do mundo não se resume somente a essas atrações. Os bairros da cidade escondem um ar da mais perfeita boemia.

São locais em que você pode sentir e se transportar para a melhor época boemia de Paris, onde os intelectuais, artistas e filósofos se reuniam.Um desses bairros é o Montmartre que fica no ponto mais alto da cidade. Ele é o local que mais recebe turista e por isso tem a melhor infraestrutura. De lá você tem uma esplendida vista da cidade e a Sacré-Coeur é parada obrigatória para qualquer turista.

O segredo é você sair da agitação e explorar o bairro com tranquilidade. As ruelas secundárias são bem atrativas e românticas, sem falar nas belas e formosas escadarias.

Já o bairro de Montparnasse revela um excelente e até mesmo surpreendente clima dos bons tempos parisienses. É quase uma volta no passado. Aqui você pode reviver todos os áureos tempos dos artistas da década de 20 e 30; mas calma que por mais que você tenha a sensação nenhum deles vai saltar a sua frente. São inúmeros bares, restaurantes e cinemas que o único problema é saber onde se divertir ou visitar.

Por último, mas não menos importante está o charmoso bairro de Pigalle, tema de música de Edith Piaf e imortalizado pelo pintor Tolouse Lautrec. Totalmente diferente dos outros dois. Ele é cheio de Sex shops e neon. Sim, esta é a primeira visão que você terá ao adentrar o bairro. Houve uma repaginação do local e o boulevard de Clichy e o boulevard de Rochechouart estão sendo reformados.

São três belíssimos e importantes bairros que guardam a melhor história artística e intelectual de toda a França. Um destino que certamente vai te surpreender e agradar muito. Reserve pelo menos um dia inteiro e uma noite para poder participar desta vida maravilhosa de Paris.