Atol das Rocas

O livro ‘Atol das Rocas’ de Luciano Candisani – fotógrafo especializado em temas ambientais, mostra-nos toda a beleza desta bélissima reserva ecológica. O autor  enfrentou as duras condições de vida do Atol por mais de 25 dias ininterruptamente, tendo de adaptar-se as condições climáticas locais, a ausência de água doce, a falta de sombra, ao barulho incessante das aves, etc.

o-atol-das-rocas

O Atol das Rocas é um pequeno arquipélago de duas ilhas que pertence ao estado do Rio Grande do Norte no Brasil. É o único atol do Atlântico Sul, visto que a maioria concentra-se no oceano pacífico. Há 260 km da capitalNatal, o Atol das Rocas é uma das mais bela reservas marinhas do mundo, sendo de grande importância para o ecosistema local devido a servir de zona de abrigo, alimentação e reprodução de diversas espécies animais.

O Atol das Rocas está entre um dos menores do planeta: seu perímetro tem apenas sete quilômetros, porém apesar de diminuto abriga muitas espécies animais dentre elas aves raras, são pelo menos 150 mil aves de 30 espécies diferentes. Você deve estar a se perguntar o que vem a ser exatamente um atol, pois bem, um atol é uma ilha formada pelo crescimento de recifes ao redor de cume de vulcões submersos; ou seja, um atol podemos dizer que se trata de ex-vulcão (se é que podemos falar assim).

Importante, não é possível visitar o local sem autorização prévia do Ibama, dado que o turismo no exato sentido da palavra não é permitido no local. Entretanto sugiro uma visita as proximidades do Atol das Rocas, que tem cidades pitorescas onde a natureza manda, e onde se pode sentir os ares de uma ilha ou praia deserta.