O interior do Estado de São Paulo é repleto de lindos recantos, um deles é Águas da Prata, uma das mais belas estâncias hidrominerais do Brasil. O município de Água da Prata está localizado, na Serra da Mantiqueira,  a 238 km da capital paulistana e atrai anualmente centenas e centenas de turistas de todo o país. O nome da estância tem origem na língua tupi-guarani “Pay tâ” que ao ser pronunciada pelos portugueses tornou-se “Prata” “Pay tâ” que quer dizer em tupi-guarani “água dependurada” em virtude da alta mineralização das águas que ao escorrerem próximas as minas formam estalactites.

Poderá gostar também de:

Circuito das Águas Paulistas

Circuito das Águas de Minas Gerais

Água da Prata tem um clima aprazível, com temperatura média de 18º C, com um verão chuvoso e quente e um inverno seco e frio. Dois picos famosos estão na região – Pico do Gavião e o Mirante da Laginha. Cachoeiras, cascatas, lagos, e trilhas fazem parte dos roteiros turistícos da região. Além disso a reigão é também conhecida por quem adora esportes radicais como Paraglider, Motocross, Asa Delta, etc.

As águas da localidade tem propriedades medicinais devido a grande quantidade de sais minerais que contêm.O balneário local tem cerca de 7.000 m² de construção em uma área de 13.200 m². Águas da Prata é famosa como a Rainha das Águas e a região é repleta de pousadas charmosas e recantos sedutores. O local é ideal para dias de paz, tranquilidade, boa comida, bom clima e um tratamento completo nas águas da região.

Pontos turistícos não faltam em Águas da Prata, visite:

* Capela da Fazenda Retiro – Uma das primeiras construções da cidade;
* Fonte da Juventude – Com Água Bicarbonatada e Sulfatada, excelente para diabetes e estômago;
* Fonte Vilela – Com águas benéficas em caso de intoxicação hepatorrenais,aumento da diurese e ácido úrico;
* Fonte Vitória – Com águas benéficas para para o tratamento das funções renais intestinais e metabólicas, reumatismo e a alergia.

Veja mais pontos turistícos em Águas da Prata no link abaixo:

– Estâncias Paulistas